Dias do Desassossego

16 de Novembro

Estivemos na Fundação José Saramago a pintar com os nossos cinquenta dedos qualquer coisa de um arquipélago perdido nos mares profundos que nos unem. Parámos um pouco em Lanzarote fogo, negro e verde. Fundação SaramagoProcurámos a Ibéria e os nossos próprios lugares terra e rio que não deixarão nunca de ser Sul. Foi muito bonito e honroso para nós estar no início dos Dias do Desassossego. Devolvemos um grande abraço ao público que transbordou a biblioteca, à Fundação e à maravilhosa equipa que nos trata sempre com muito carinho.
bussola

Terra y Mar


Bebemos o Atlantico e as músicas portuárias dos lugares que fomos encontrando, sentámo-nos nas sonoras montanhas mapuche e nas planícies de Zapata. Encontrámos na América do Sul, na aventurança dos seus povos e na poesia de algumas das suas almas maiores como Victor Jara ou Violeta Parra, Viglietti ou Guillen, um incrível mapa ilustrado para a esperança. Agora construimos o nosso próprio caminho com a criação das nossas canções.
O Sul está à distância de um Atlântico inteiro, do grito de uma mãe no Mediterrâneo ou da largura do braço de um rio ibérico.
O sul é muito mais do que uma coordenada, é uma condição e um modo de vida, é compreender que quando olhamos para baixo, estamos é a olhar para cima, para o urgente tempo que se aproxima e que nos mudará para sempre.
-
Projecto formado por Rui Galveias na guitarra, Joana Manuel na voz, Rui Alves na bateria, Tiago Neo no baixo e João Cardoso nos sintetizadores.

Fundado por Rui Galveias e Telma Pereira em 2014 contou também com Maria Joana Figueiredo (2015-2017)e Francesco Fry di Carlo (2016-2018).
elSur

E-mail: elsur.pt@gmail.com
Tel. 913450743